Sirgaserj

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Teresina promove reunião do Gás Legal

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Piauí tem 1.500 pontos clandestinos de venda de GLP

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) – em parceria com o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) e outras entidades – realiza reunião do Regional Nordeste II de Erradicação do Comércio Irregular de Gás LP. O evento acontece em Teresina, Piaui, no dia 17 de março, a partir das 14h.


De acordo com estimativas da ANP, o estado do Piaui possui 510 revendas legais de Gás LP e um número três vezes maior de pontos informais de comércio do produto: 1500 revendas clandestinas. Em Teresina há 200 revendas legais para cerca de 400 pontos ilegais. No Piaui são vendidos 455.961 botijões de Gás LP todos os meses. No Brasil são vendidos 32.224.986 botijões por mês.

O grupo de trabalho é formado também por órgãos que atuam de forma integrada, como Ministério Público, Procuradoria de Justiça, Procon e Corpo de Bombeiros, entre outros. O objetivo do encontro é traçar as diretrizes do Programa Gás Legal para 2011, com o objetivo de combater as revendas irregulares de Gás LP.

O evento vai acontecer no Sebrae Teresina, que fica na Avenida Campos Sales, 1046, no centro, a partir das 14h. Confira a programação:

14h Abertura ANP com composição de mesa ( ANP, Ministério Público, Corpo de Bombeiros e demais autoridades públicas );

14h30 Apresentações da ANP;

15h Apresentações da ANP;

16h Intervalo;

16h20 Apresentações dos Sindicatos da Revenda;

16h40 Apresentação do Sindigás,

17h Debates e Encerramento

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) orienta: a boa escolha do local da compra do botijão de Gás LP é determinante para garantir a segurança do consumidor. Revendas piratas oferecem riscos, já que não observam normas de segurança, como armazenagem e conservação de recipientes, vedação de lacres, entre outras. Sem contar que o consumidor corre o risco de comprar um produto adulterado. “As revendas ilegais devem ser denunciadas à ANP. Temos feito um trabalho de combate intenso em 17 estados brasileiros. Somente no Rio de Janeiro, no período de um ano, conseguimos eliminar 80% dos pontos informais, passando de 55 mil para 11 mil”, afirma o presidente do Sindigás, Sergio Bandeira de Mello, “mas a chance de voltar são grandes”, alerta o executivo.

Conforme a Lei Federal 8176/91, adquirir, distribuir e revender derivados de petróleo e gás natural em desacordo com as exigências é considerado crime, com pena de um a cinco anos de prisão. Além disso, o comerciante que é flagrado vendendo gás irregularmente tem o material apreendido e é autuado pela ANP.

Compra de Gás LP - dicas de segurança para o consumidor

Para garantir a compra de um botijão seguro é fundamental adquiri-lo em um revendedor autorizado. Para isso, o consumidor pode pedir para conferir a autorização do revendedor ou ligar para o serviço de atendimento ao cliente de sua distribuidora preferida e pedir a indicação de uma revenda credenciada. Outra alternativa é verificar se o estabelecimento consta no site da ANP ou ligar para o 0800 970 0267, da Agência. O consumidor também pode entrar em contato com as empresas associadas ao Sindigás, cujos telefones encontram-se no site www.sindigas.com.br.

Números do setor:

- O gás LP é distribuído em todos os 5,5 mil municípios brasileiros. Está presente em cerca de 53 milhões de lares, atingindo 95% dos domicílios nacionais. O setor reúne mais de 350 mil trabalhadores diretos e indiretos.

- A cada mês, são vendidos 33 milhões de botijões em todo o país.

- Apesar destes problemas, mesmo com esta capilaridade o Gás LP não consta na lista de nenhum PROCON no Brasil entre os 15 maiores problemas, o que comprova que temos excelência na prestação de serviço.

- O setor conta com 22 distribuidoras e 40 mil revendas.



SERVIÇO:

Reunião Regional Nordeste II de Erradicação do Comércio Irregular de Gás LP

Data: 17 de março

Hora: 14h

Local: Sebra Teresina - Avenida Campos Sales, 1046, no centro



Fonte: ANP  |  Editor: Orlando Portela
http://www.piauihoje.com/noticias/piaui-tem-1500-pontos-clandestinos-de-venda-de-glp-27404.html